Vacina contra coronavírus faz Ibovespa ter alta de 4,69%

A possível resposta para a resolução da pandemia de coronavírus fez com que o principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa, fechasse o dia com alta de 4 mil pontos.

O resultado promissor de uma vacina contra o coronavírus nos EUA fez com que investidores ficassem otimistas hoje 18/05/2020. O otimismo foi tão grande que empresas consideradas "perigosas" para se investir nesse momento, como empresas de viagem e companhias aéreas, tiveram altas de até 30%. Como foi o caso da companhia aérea Azul (AZUL4) que finalizou o dia com alta de 30,87% e a CVC agência de viagens que teve alta de 19,24%. Os papéis da Universidade Estácio de Sá, instituição de ensino superior privada brasileira, também reagiu bem, fechando com seus 11,97% de alta.

Até onde vai o otimismo?

Podemos dizer que o mercado financeiro tenta a todo instante prever situações futuras. Ele precifica e produz efeitos de "manada", fazendo com que grandes altas e baixas aconteçam de um dia para o outro, assim como foi visto no inicio do ano. É impossível prever quando tudo voltará a sua normalidade, mas o movimento visto hoje foi visando uma melhoria breve, o que pode ser perigoso. Caso o processo de criação da vacina demore, o mercado financeiro internacional pode sofrer alguma consequência.

Sobre o Autor:
SEU_NOME Jovem escritor, apaixonado por leitura. "Se um assunto é de meu interesse, pode apostar que vou até o fim para descobrir mais sobre ele." Prazer, Wesder Siqueira.